Jessa Khan se contenta com 3º lugar no IBJJF Pans Sem kimono 2021

A estrela cambojana-americana do jiu-jitsu Jessa Khan ficou em terceiro lugar em outro grande torneio depois de enfrentar um de seus adversários mais difíceis no esporte.

Khan estava entre muitas estrelas proeminentes do jiu-jitsu que competiram no IBJJF No-Gi Pans de 2021.

O torneio é realizado anualmente em vários locais. A edição deste ano do torneio aconteceu de 15 a 16 de maio no NYTEX Sports Center em North Richland Hills, Texas.

O evento também reuniu Josh Cisneros, Lucas Barbosa, Orlando Castillo, Myassa Bastos e outros grandes nomes do esporte.

Khan, de 19 anos, venceu com facilidade seu adversário muito mais velho do Brasil nas quartas de final para avançar para a próxima fase da divisão dos penas. Khan dominou do início ao fim e venceu por finalização Lavinia Barbosa, de 23 anos.

“Ganhei minha primeira luta com um desempenho dominante”, lembrou Khan após a luta.

Nas semifinais, Khan enfrentou Bastos. A superestrela brasileira tem sido um ‘espinho’ no lado de Khan há muitos anos.

No mês passado, Bastos derrotou Khan em um torneio organizado pela Evolve Ur Game (EUG) Promotions.

Desta vez, ao contrário de sua luta anterior, Khan levou vantagem desde o início. Por um tempo, parecia que Khan finalmente venceria Bastos.

Bastos teve problemas de finalização, antes de se recuperar e vencer por finalização nos seis segundos finais da luta.

“Perdi minhas semifinais para um adversário muito difícil. No entanto, a cada luta, estou cada vez mais perto de entender como é lutar na faixa-preta. Na maioria das vezes é semelhante a lutar em linhas coloridas, mas algumas coisas são diferentes como seguir seu próprio ritmo por 10 minutos entendendo estratégias e estar mais preparado mentalmente é o que aprendi desde que eu era faixa preta nesses meses”, disse Khan.

“Senti que ontem lutei muito bem e percebi como um faixa-preta. Claro que cometi alguns pequenos erros. Mas vou corrigi-los e voltar. Disse a mim mesmo – a pressão está sobre eles não por minha conta, não pense demais, apenas siga o fluxo e faça o que você faz melhor, não importa quem esteja na sua frente. Dê a todos o mesmo nível de esforço e, acima de tudo, quero me divertir. há muito tempo não lutava em um torneio. Foi ótimo estar nesse ambiente competitivo novamente”, acrescentou.

Khan deveria lutar contra a estrela sino-americana Grace Gundrum no mês passado. Mas uma lesão no joelho a forçou a se aposentar da luta.

Bastos conquistou o título dos penas ao derrotar na final a americana Sofia Amarante. Amarante chegou à final após vencer a brasileira Pati Fontes nas semifinais.

Khan enfrentará Fontes em duas semanas em outro evento do Who’s Number One (WNO) organizado pela FloGrappling.

  • Palavras-chave: Jessa Khan, jiu jitsu

Leave a Comment