Morning Report: Georges St-Pierre lembra Kamaru Usman para manter o foco: ‘Há muitos caras que podem vencer Usman’

Georges St-Pierre sabe melhor do que ninguém na história do MMA como é estar no topo da divisão dos meio-médios. Atualmente ocupando o trono do UFC é ninguém menos que Kamaru Usman.

Amplamente considerado não apenas como o maior lutador meio-médio de todos os tempos, mas a o maior lutador de todos os tempos em geral, a única competição de St-Pierre nesta discussão nos últimos anos foi o sempre impressionante Usman. A última defesa do título de ‘The Nigerian Nightmare’ foi sua quinta e o viu estender o recorde de mais vitórias consecutivas na divisão com 15, que anteriormente era de St-Pierre aos 13.

A última luta de Usman foi amplamente considerada como tendo sido contra seu oponente mais difícil possível, Colby Covington. Independentemente do desafio, Usman saiu no topo pela segunda vez em sua rivalidade ganhando uma decisão unânime. No futuro, o campeão manifestou muito interesse em enfrentar o chefão do boxe pound-for-pound Saul “Canelo” Alvarez no ringue. Mas como sua colega lenda sabe, você não pode se distrair no jogo de luta.

“Acredito que há muitos caras que podem vencer Usman”, disse St-Pierre ao MMA News. “Pessoalmente, acredito que Usman é o melhor agora na divisão, mas isso não significa que ele seja invencível. Ele sempre tem que estar no topo do jogo, é difícil ser campeão e mais difícil ainda é se manter campeão. Tenho certeza que se você perguntar a Usman, ele lhe dirá a mesma coisa.

“Ele está em lágrimas agora, ele parece fenomenal, mas há muitos caras que podem lhe dar muitos problemas como Khamzat Chimaev. Leon Edwards, talvez. Até agora Usman tem sido um quebra-cabeça que ninguém é capaz de resolver. incrível, mas ele tem que manter o foco para nunca subestimar ninguém e treinar para cada luta como se fosse a luta mais difícil que ele já teve.

“GSP” conseguiu fazer o que a maioria do MMA não conseguiu, que é liderar. Governando a categoria de peso de 170 libras por praticamente toda a sua carreira até seu canto do cisne, St-Pierre superou os contratempos iniciais contra Matt Hughes e Matt Serra antes de completar seu jogo, vingando suas derrotas e nunca mais. Como resultado, o canadense encerrou sua ilustre carreira com um título da segunda divisão quando Michael Bisping finalizou após uma demissão de quatro anos no confronto de 2017.

“Ninguém é invencível, todos podem ser derrotados”, disse St-Pierre sobre Usman. “Não é o melhor lutador que vence a luta com muita frequência. É tudo sobre qual lutador luta melhor na noite da luta e há muitas coisas que podem influenciar o resultado de uma luta.


Paciência. O treinador admite que ficou chateado por Khamzat Chimaev ter brigado com Gilbert Burns.

Carne. TJ Dillashaw chama Aljamain Sterling de ‘não calibre de campeão’ como ‘luta muito fácil para mim’; Sterling dispara de volta.

Cabras. Tom Aspinall explica porque Georges St-Pierre é o “maior lutador do UFC de todos os tempos”, diz Stipe Miocic como o melhor peso pesado.

Explicação. Ben Rothwell revela por que pediu sua dispensa do UFC.

Frustração. Mike Jackson chama Dean Barry de ‘mamãe traiçoeira’ após sua desqualificação, acha que a perfuração do olho foi ‘intencional’.

Não. Nate Diaz rasga o UFC novamente por não ter reservado ele, recusa a luta da trilogia de Conor McGregor porque ele é uma merda.


Momento de coroação: Justin Gaethje surpreende Tony Ferguson.

UFC Vegas 53: os lutadores que você precisa conhecer.

Israel Adesanya e Michael Venom Page estão se unindo em Londres.

Khamzat Chimaev fala sobre Mike Tyson, Canelo contra Beterbiev.


Maldita manhã. Mike Heck, do MMA Fighting, conversa com Anthony Taylor e discute os níveis de interesse no retorno de Henry Cejudo e no futuro de Nate Diaz.

Lutador contra escritor. Damon Martin do MMA Fighting conversa com Joe Lauzon e Mike Jackson.


Não.

Kai + Al Jo!

Hardy fala.

Confiável.

Clássico.

Canelo está confuso.

POR FAVOR.

Oh.

Indo para Cingapura?

Feliz aniversário para um dos GOATs!

Ficou bem sólido.

Bem, você faria?

Paciência…

É um aperto de mão bastante vigoroso, cavalheiros.

Visão sólida.

Sr. Tommy Aspinall…

O tempo voa.

Representante do UFC Japão.


Lorenz Larkin (23-7, 1 NC) contra Kyle Stewart (15-5); Bellator 280, 6 de maio

Paul Daley (43-18-2) contra Wendell Giacomo (9-2); Bellator 281, 13 de maio

Joe Solecki (11-3) contra Alex da Silva (21-3); Noite de luta do UFC, 4 de junho

Abdul Razak Alhassan (11-5) contra Jamie Picket (13-7); Noite de luta do UFC, 9 de julho


Feliz aniversário atrasado para a verdadeira GOAT, a única Megumi Fujii! Obrigado por ler!


Pesquisa

Quem tem mais chance de vencer Kamaru Usman?

  • 78%

    Khamzat Chimaev

    (661 votos)


843 votos no total

Vote agora


Se você encontrar algo que gostaria de ver no relatório da manhã, clique em @DrakeRiggs_ no Twitter e avisá-lo. Siga também MMAFighting em Instagram e goste de nós Facebook.

Leave a Comment