Pan Ams IBJJF 2021: excelentes resultados e performances

O Pan Ams IBJJF 2021 aconteceu no dia 1º de setembrorua através do 5e no Silver Spurs Arena em Kissimmee, Flórida. O Pans tem sido tradicionalmente um dos maiores torneios do calendário anual de jiu-jitsu, com esta edição atraindo 3.880 competidores.

O Pan Am 2020 foi o primeiro grande torneio da IBJJF após a pandemia, mas infelizmente muitos atletas de ponta não puderam participar devido a restrições de viagem. Desta vez, porém, alguns dos principais competidores de todo o mundo entraram com o objetivo de conquistar o título pan-americano. Atletas como Fabricio Andrey, Alex e Diego Sodré, Adam Wardzinski, Diego Oliveira, Ana Rodriguez, Bianca Basilio e Gabrieli Pessanha competiram apesar da ausência da edição de 2020. Abaixo estão os resultados para as categorias adulto faixa preta.

faixa preta adulto masculino

Galo – Lívio Ribeiro

Pena de luz – Diego Oliveira Batista

Pena – Shane Jamil Hill-Taylor

Luz – Johnatha Alves

Médio – Tainan Dalpra

Médio-pesado – André Porfirio

Pesado – Gustavo Batista

Superpesado – Fellipe Andrew

Ultrapesado – Victor Hugo

Peso aberto – Felipe André

faixa preta adulto feminino

Galo – Lavinia Barbosa

Pena de luz – Anna Rodrigues

Pena – Bianca Basílio

Luz – Nathalie Ribeiro

Meio-campista – Luiza Monteiro

Médio-Pesado – Ana Carolina Vieira

Pesado – Maria Malyjasiak

Superpesado – Gabrieli Pessanha

Peso aberto – Yara Soares

Fellipe Andrew volta a ser campeão peso aberto

A final da faixa-preta de 2021 foi uma repetição da final de 2020. Fellipe Andrew, da Alliance Jiu-Jitsu, enfrentou Gustavo Batista, da Atos. Ambos os homens venceram suas respectivas categorias de peso antes de se encontrarem na final da categoria de peso aberto. Fellipe venceu a final de 2020 com três vantagens, mas Gustavo estava indo para o jogo deste ano, finalizando os três adversários no início do dia. Apesar de algumas chances de passar pelas costas de Fellipe, Gustavo acabou falhando novamente. Fellipe passou da guarda cedo e somou 18 pontos para conquistar a vitória sobre o destaque da Atos.

Shane Jamil-Hill-Taylor faz um retorno triunfante

Shane Jamil-Hill-Taylor fez história em 2018 ao se tornar o primeiro campeão mundial afro-americano da IBJJF. Desde então, Shane tem sido menos ativo no cenário competitivo, principalmente devido a uma série de lesões. Seu caminho até o degrau mais alto do pódio no Pans Am 2021 certamente não foi fácil. Em suas duas primeiras lutas, Shane derrotou Diego Sodre e Richar Nogueira, dois lutadores peso-pena altamente elogiados. Nas semifinais, Shane derrotou o estreante Fabricio Andrey, que havia finalizado todos os adversários antes de cair para Shane. Na final, Shane enfrentou o destaque da ZR Team, Gabriel Sousa. Shane conseguiu somar pontos e vantagens com tentativas de raspagem e finalização e acabou controlando Gabriel a caminho do seu primeiro título Pan como faixa-preta.

Gabrieli Pessanha rumo ao ouro dos superpesados

Gabrieli Pessanha, da InFight Jiu-Jitsu, estava no caminho certo para o estrelato no jiu-jitsu muito antes de chegar aos tatames na faixa-preta adulto. Tendo vencido vários torneios de nível local e nacional desde que era faixa laranja juvenil, as expectativas sempre foram altas para a carioca. Em sua primeira aparição no Pan Am como faixa-preta, Gabrieli conseguiu uma vitória rápida sobre Michelle Welti, depois derrotou a eventual campeã dos abertos Yara Soares por 4 a 2 na final. Espere que o jovem de 21 anos lute pelo ouro dos pesos livres em dezembro no Campeonato Mundial.

Jansen Gomes alerta faixas-pretas

Embora as divisões de faixa-preta tenham sido as mais esperadas do evento, as faixas-marrons são sempre interessantes de se observar, pois fornecem uma janela para as futuras estrelas do esporte. Como o jiu-jitsu se tornou mais profissional com mais competidores da faixa inferior treinando e competindo em tempo integral, não é incomum que um campeão da faixa-marrom vença a mesma categoria de peso no ano seguinte como faixa-preta. Jansen Gomes, do Team Checkmat, colocou as faixas-pretas sob escrutínio ao passar pelas divisões de meio-pesado e aberto, tudo sem conceder um único ponto.

No master, os irmãos Miyao Paulo e João disputaram seu primeiro master, com as duas estrelas do Jiu-Jitsu disputando a mesma categoria e fechando com ouro e prata no peso pena.

Os próximos grandes campeonatos da IBJJF são o Mundial Sem kimono no dia 7 de outubroe – deze e o Campeonato Mundial de Gi no dia 9e – 12e.

Leave a Comment