Resultados do Europeu IBJJF 2022, vídeos: Ex-campeão do Bellator Lovato, Andrew, Pessanha entre os grandes vencedores

Rafael Lovato Jr. vence o primeiro grande título adulto desde 2013

Em setembro de 2014, Rafael Lovato Jr. fez sua estreia profissional no MMA no Legacy Fighting Championship 35. Ele venceu a luta com um triângulo de braço e venceu mais nove lutas, conquistando o título dos médios do Bellator ao derrotar Gegard. Durante sua carreira no MMA, o ex-Campeão Mundial da IBJJF teve que mudar seu foco. Ele continuou a competir no jiu-jitsu para manter suas habilidades afiadas, mas seu principal objetivo era ser campeão de MMA. No início de 2020, Lovato se abriu sobre uma rara condição cerebral chamada cavernoma, uma anomalia que a forçou a se aposentar do MMA.

Desde o anúncio, Lovato voltou às raízes, competindo em vários torneios de jiu-jitsu e superlutas. Ele tem sido muito bem sucedido em seu retorno, apenas desistindo de lutas para os principais candidatos em sua divisão. Lovato completa 39 anos em junho e, apesar de se classificar para competir na categoria Masters 2, Lovato decidiu se testar contra adversários mais jovens na categoria adulta. Ele jogou três jogos para chegar à final, subjugando seus dois primeiros adversários com chaves de braço e o terceiro com um crucifixo.

Na final, Lovato enfrentou Guilherme Bacha, do Team Checkmat, campeão mundial faixa-marrom que foi promovido a preto no final de 2021. Lovato varreu Guilherme cedo, abrindo 2 a 0. Guilherme empatou com sua própria raspagem para igualar o placar. Lovato então fez uma segunda raspagem, desta vez na posição de guarda x. Uma vez no topo, Lovato usou as habilidades de passagem de pressão pelas quais se tornou conhecido, vencendo por uma pontuação final de 7-2. Com a vitória, Lovato garantiu seu primeiro grande título de faixa-preta adulto desde a conquista do Campeonato Nacional Brasileiro em 2013.

Fellipe Andrew e Gabrieli ganham peso e absoluto

No Campeonato Europeu de 2020, Fellipe Andrew finalizou Keenan Cornelius na final da classe aberta com um triângulo lindamente cronometrado. A performance ia ser difícil de bater, mas Fellipe fez exatamente isso, desta vez vencendo o peso e o absoluto. No superpesado, Fellipe venceu três lutas, enfrentando Vinicius “Trator” Ferreira na final. Fellipe liderou por apenas uma vantagem até que faltava menos de um minuto no cronômetro, quando conseguiu raspar e depois passar a guarda para uma vitória por 5 a 0.

Na final do absoluto, Fellipe enfrentou Yatan Bueno, da Dream Art. A partida começou com um chute para a guarda e algumas tentativas de arremesso de Fellipe. O primeiro ataque significativo veio de Bueno, quando ele tentou segurar o dedo do pé que Fellipe rebateu com uma chave de tornozelo direita. Uma raspagem e um ataque pelas costas deram a Fellipe dois pontos e duas vantagens e deram a Fellipe uma vantagem que ele aproveitou para conquistar a vitória e seu segundo título europeu de todos os tempos na faixa-preta.

Gabrieli Pessanha entrou no Europeu com dupla medalha de ouro no Mundial em dezembro. Na categoria superpesado, Gabrieli teve apenas uma luta, derrotando Claire-France Thevenon por um mata-leão.

Em termos absolutos, ela disputou três partidas. Gabrieli venceu a primeira luta com um triângulo e depois enfrentou Nathalie Ribeiro nas semifinais. A partida foi muito acirrada, mas Gabrieli conseguiu usar sua pressão de cima para abafar os ataques de Nathalie da guarda e vencer com vantagem única.

A final do absoluto foi contra Thalyta Silva, que venceu o peso médio. Gabrieli começou a final nas costas, puxando a guarda e tentando um triângulo sem braços. Thalyta defendeu e Gabrieli levou mais de cinco minutos para marcar ao passar por Thalyta. O próximo momento decisivo do jogo foi uma disputa onde Gabrieli acabou pegando as costas. Ela usou o controle das costas para mudar para uma barra de braço, recebendo o tapinha de Thalyta e ganhando ouro duplo em outro grande torneio da IBJJF.

Os resultados completos podem ser encontrados abaixo:

Macho

Peso galo – Thalison Soares

Peso pena leve – Hiago George

Peso pena – Diego Sodré

Peso leve – Espen Mathiesen

Peso médio – Tainan Dalpra

Meio-pesado – Bruno Lima

Peso pesado – Adam Wardzinski

Super Pesado – Felipe André

Ultrapesado – Rafael Lovato Jr.

Absoluto – Felipe André

Fêmea

Peso galo – Thais Loureiro

Peso pena leve – Mayssa Bastos

Peso Pena – Anna Rodrigues

Léger – Nathalie Ribeiro

Peso médio – Thalyta Silva

Meio-pesado – Maggie Grindatti

Superpesado – Gabrieli Pesanha

Absoluto – Gabrieli Pesanha

Todas as partidas estão disponíveis para repetição no FloGrappling.

Leave a Comment